Como vender imóveis para a classe C

Conheça algumas características do segmento mais resiliente do setor imobiliário e como encantar este público. #marketingimobiliario #3djobs #mercadoimobiliario


Entende-se por classe social um grupo de pessoas que possuem status social semelhante, segundo alguns critérios, especialmente o econômico. A nova classe C então se caracteriza, de acordo com a classificação do IBGE, como famílias que possuam rendas que variam entre R$ 2.488 a R$ 6.220.


Este é um fenômeno nunca antes ocorrido em território nacional, uma vez que vinte e sete milhões de pessoas deixaram as classes D e E, segundo o site do Governo, publicado em março de 2012. Com acesso a novos produtos e serviços, esta parcela da sociedade brasileira hoje procura satisfazer determinados desejos e sonhos que antes eram inalcançáveis.


Visando este mercado tão promissor e que se mostra tão resiliente, as construtoras compreenderam que precisam entender este público tão peculiar, além de estarem prontas para atender essa demanda, que por tantos anos ficou reprimida.


Segundo uma pesquisa encomendada pela agência Nova/SB ao Ibope revelou, o consumidor da classe C não tem um comportamento uniforme, mas sim, perfis diferentes. Portanto, é essencial saber o que este mercado valoriza, de modo que as ações e a comunicação de marketing sejam assertivas e gerem engajamento.


"O consumidor da classe C não tem um comportamento uniforme. "

Outra pesquisa sobre esta camada da sociedade, elaborada pelo Instituto Data Popular, identificou quais estratégias o Marketing Imobiliário deve adotar afim de criar campanhas que atendam e encantem este segmento. Como resultado, temos:


  • A classe C não abre mão da qualidade. Engana-se quem pensa que por ser um consumidor emergente não exige qualidade.

  • Palavra-chave: CUSTO-BENEFÍCIO.

  • A mulher tem papel fundamental nesta classe, tanto na tomada de decisão, quanto na participação da renda.

  • 57% da classe C é formada por pessoas de até 30 anos, o que traz grande oportunidade para criar campanhas modernas.

  • Reforçar o tamanho da conquista, da realização do sonho.

  • Para este consumidor, é fundamental que a campanha de marketing tenha materiais atrativos que possam ser compartilhados com a família e os amigos (fortes influentes na tomada de decisão).

  • A tomada de decisão no âmbito racional ocorre na seguinte ordem: preço do imóvel; valor da prestação; tamanho do imóvel e, por último, a localização.

  • Já na esfera emocional, a tomada de decisão preza pela segurança.

  • O item de lazer mais cobiçado é a piscina.


Sob esta perspectiva, percebe-se que a comunicação dirigida será crucial para se obter êxito nas campanhas e promover os lançamentos da maneira correta. Deixemos de lado o “foco no cliente” para então termos o “foco DO cliente”, entendendo o que, de fato, ele valoriza.

A praticidade de ter tudo para marketing imobiliário em um só lugar.

3dJobs Marketing Imobiliário

11 9 8669 4226 | 11 3280 8680

Av. Fagundes Filho, 145 cj. 35

Vila Monte Alegre - São Paulo - SP

CNPJ 32.749.514/0001-30

Copyright © 2020 Designed by 3DJobs